Mensagem de Ano Novo do Chefe da Oposição Angolana Verdadeira (FPA) 

Mensagem de Ano Novo do Chefe da Conservativa Política da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), João Mário ,,Nito Alves,,:

 

Discurso do Presidente da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), João Mário ,,Nito Alves,, - Escritório do Secretário de Estado das Comunidades e Imprensa do FPA,

 

Ao População Angolana, compatriotas, Soldados angolanos,

colegas delegados, senhoras e senhores!

 

De acordo com o Bureau Político da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), os conservativos Políticos da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), os Soldados angolanos e os partidos Políticos Conservativos Angolanos lhes submetem um projeto do inicio de actos e acção militar contra o governo criminoso do MPLA, para resolver a situação do povo e da nação.

 

Os motivos para esta medida de caráter excepcional são os seguintes:

 

Em novembro de 1975 até 2014, as organizações marxistas criminosas Estrangeiras do MPLA apossaram-se do poder executivo por meio de uma revolução. Os monarcas foram destronados, as autoridades criminosas do governo do MPLA e dos Estados afastados do governo, violando-se, portanto, a Constituição. O sucesso da revolução no sentido material assegurou a seus progenitores escapar da ação da lei. Procuram justificar moralmente tal coisa afirmando que a Angola e seu governo foram responsáveis pela eclosão da guerra. Essa asserção era sabida e conscientemente mentirosa.

 

A luta contra o governo criminoso do MPLA pela primeira evoluiu para uma luta unida. Pela primeira vez, permito-me a mim mesmo como um homem desconhecido a começar uma luta e não descansar até que esta praga esteja completamente removida do estilo de vida angolana.

 

Que aqui os partidos e homens responsáveis por este desenvolvimento procurem milhares de amenidades e desculpas, num impulso de auto-preservação, é compreensível. Todavia, comparando-se de forma isenta os resultados médios dos últimos anos com as promessas proclamadas na época, o balanço é negativamente destruidor para os responsáveis deste crime sem paralelo na história angolana.

Nosso povo sofreu uma queda do nível de vida em todas as áreas no decorrer dos últimos anos.

 

O movimento politico conservativo da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), começou a ganhar mais o espírito e a vontade dos angolanos, apesar da terrível repressão. Juntamente com outras associações nacionalistas, um novo estado não pode simplesmente cair do céu, em vez disso tem de crescer dentro das pessoas. Porque preciso de lealdade, convicção, confiança, fanatismo e compromisso, então eu devo virar-me para onde eu ainda posso encontrar estes valores e estes valores podem sempre sem encontrados nas própias pessoas, nas massas do povo.

 

Para vencer a catástrofe econômica e o governo criminoso do MPLA é necessário:

 

1. uma liderança absolutamente autoritária nos assuntos internos, afim de criar a confiança na estabilidade das condições e juntar-se o povo e unir-se o povo angolano.

 

2. A garantia, pelas grandes nações, de uma paz duradoura, afim de restaurar a confiança mútua entre as nações e entre o povo angolano.

 

3. A vitória final dos princípios do bom senso na organização e condução da economia, assim como na desobrigação geral nas reparações e responsabilidades irreais pelas dívidas e juros.

 

Eu amo o meu povo, um povo maravilhoso do Mundo, só lutamos por aquilo que amamos, só amamos aquilo que respeitamos e só respeitamos aquilo que conhecemos.

 

Que sorte para os ditadores que os homens não pensem no seu povo e na sua nação.

O homem como José Eduardo dos Santos que não tem sentido na História, é como um homem que não tem ouvidos nem olhos.

 

As mulheres angolanas possuem seu próprio campo de batalha. Com todas as crianças que elas trazem ao mundo, lutam uma batalha pela nação.

 

Aprender história quer dizer procurar e encontrar as forças que conduzem às causas das ações que vemos como acontecimentos históricos. Há em todos um indivíduo que ascende por seus próprios esforços de sua posição anterior na vida para uma maior.

Quem deseja viver, prepara-se para o combate, e quem não estiver disposto a isso, neste mundo de lutas eternas, não merece a vida.

 

Podemos lamentar que estamos vivendo num mundo em que há dificuldades para formar uma idéia do mundo futuro, mas há uma coisa que posso prever para todos: O mundo será vegetariano.

 

Isso me custou, durante meses, as maiores lutas íntimas, entre os meus sentimentos e as minhas idéias, luta em que as idéias acabaram por triunfar.

 

Viva o povo angolano, Viva todos os heróis do povo angolano, viva todos os membros da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), viva todos os apoiadores da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), viva o FPA e a vitória é do povo angolano!

 

Juntos e unidos venceremos todos os criminosos e os assassinos do governo do MPLA.

 

Feliz Ano Novo à todos!

 

Muito obrigado. (Aplausos.)

 

O Presidente da Oposição Angolana Verdadeira (FPA),

João Mário ,,Nito Alves,,

 

(dia 31 de Dezembro de 2014, 23:30 h. / Ref. Número: 48233/14).